segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Amar enganado

"Dentre todas as dores de amar, ou do amor
Não considero a dor do amor não correspondido
A mais triste de se aturar
Mas a dor de se amar enganado
De se dar e ter por merecedor alguém que 
Jamais valeria tanto sofrer
Tantas lágrimas,tanto amor...
O amor enganado é aquele que não volta
Que não se conquista mais o que foi almejado
E nem irá se colher o fruto do que tanto labutou
Apenas foi mal empregado,como uma propriedade mal adquirida
Porém sem o direito de tê-la
O amor enganado é a certeza de que se perdeu tempo,
se perdeu valores
Se perdeu amores por alguém que não era digno
Que não valia o valor então estimado
O amor enganado é juras sem consequências
Ou melhor com apenas uma consequência
O abismo do vazio
É sentimento sem essência
E amor sem verdade,blasfêmia...
O amor enganado é pior que a dor do amor rejeitado
Porque o amor de quem nos rejeitou nunca o tivemos
Apenas gostamos sozinhos, apenas sonhamos...
O amor enganado é aquele que por muito tempo pensamos possuir
Porém jamais se tornaria aquilo que pensávamos
A dor do amor enganado não tem explicação
A entrega que de nada valeu
Os sonhos que eram só seus e achava que de fato
Se sonhava a dois...
O que no passado era o mel dos teus lábios
E hoje caindo em teu estômago
Se torna o fel de tua alma
Juntamente com a dor do futuro frustrado
Que dói não por saber que não irá chegar
Mas dói por saber que jamais iria existir
O amor enganado é o mais egoísta
Pois além de não nos desejar
Também não nos liberta para amar...

Sempre usei palavras para exprimir sentimentos,
Mas nunca usei de falsos sentimentos para descrever palavras... "

2 comentários:

☆júhh☆ disse...

isso me tocou muito é uma coisa que nos faz refletir por quem nunca te amou mas vc sempre lutou por ela

Louise Camargo disse...

nunca achei nada que explicasse tanto o que estou sentindo! obrigada, mesmo!